A Fuga das Minhocas


Você já conhece a Ana Beatriz de Souza e Souza? Pois ela é a personagem principal do livro que escrevi sobre compostagem – e que inspirou esse blog. A Fuga das Minhocas, ilustrado pelo grande Orlando Pedroso, conta a história de um grupo, liderado pela espevitada Ana Beatriz, que foge de um herbário e acaba conhecendo a, literalmente, dura realidade de São Paulo. Ela tem nome de princesa, porte de modelo, mas é apenas uma minhoca. Apenas?!? Parece que quem está escrevendo esse blog não sabe a importância desse animalzinho na cadeia alimentar...



sexta-feira, 22 de julho de 2011

Brinquedo de criança, comida de minhoca



“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, já dizia o sábio Antoine Lavoisier. Mas como respeitar essa lei num mundo de plástico, material que se recusa a se decompor? Well,... evitando-o! Os holandeses, alemães e outros europeus mais conscientes simplesmente recusam o “made in China” e oferecem às crianças brinquedos duráveis, estéticos e feitos de madeira. Esse mimoso porta-lápis é um exemplo de presente bon marché, útil, delicado e que promete durar beeem mais do que tranqueiras à la 1,99 reais. Nossas minhocas aprovam a “novidade”, que é um resgate da infância-antes-do-petróleo. Afinal, ao contrario do plástico, pedacinho de madeira entra no cardápio das nossas amigas :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário